3 de jul de 2007

E voltam a colocar a culpa nos jogos!


Saindo do serviço para vir almoçar aqui em casa, eu parei um pouco, como é de praxe, em uma banca de jornal e vi o jornal Extra de hoje, que tinha como matéria de capa "Game estimula jovens a bater e matar prostitutas", em referência ao Grand Theft Auto (GTA), da Rockstar Games.

Dando uma folheada no jornal e vendo a reportagem, nota-se como ela é muito equivocada, pois quiseram fazer uma analogia entre aqueles mauricinhos covardes (para não xingar eles) que agrediram e roubaram uma doméstica no Rio de Janeiro recentemente (no dia 23/06).

A reportagem relata que "o jogo pode estar induzindo jovens a ingressar no mundo do crime e a cometer atos criminosos".

E o restante da matéria enfatiza bem:

"O videogame é uma verdadeira aula de violência. Quem conhece o programa sabe que o objetivo do jogo é transformar um bandido comum em um grande criminoso. Para isso, o jogador passa a maior parte do tempo cumprindo tarefas nada convencionais e criminosas, que incluem desde o furto de um carro até homicídio."

A matéria não é assinada, como é padrão na maioria das reportagens do Extra...

E lá vem de novo aquela velha história de que os jogos estimulam a violência nas pessoas...
Será que não vêem que a culpa esta na verdade na educação dada pela família das pessoas, que muitas vezes é falha desde o seu nascimento... Quem não tem um suporte familiar, e uma boa educação desde de cedo, "desanda" mesmo! Fala sério!

Update: Achei o link de tal matéria no site do Extra. É a seguinte:

Videogame ensina jogador a espancar prostituta

2 comentários:

Diego Ricardo disse...

Não tem em quem colocara a culpa..
Então vai pro lado mais fraco né :/

Anônimo disse...

esses games estimulam sim a violencia,ha muitos jovens que matam porque nao sabem distinguir o videogame da vida real